sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

PREFEITO DE SEVERIANO MELO INICIA 2016 COM O SALÁRIO DOS FUNCIONARIOS DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO EM ATRASO

Isso mesmo o que o titulo da matéria informa segundo informações dada pelo tesoureiro Sr George a presidenta do SINDSERTRIS a professora Emirene Lucena o salário dos servidores lotado na secretaria de educação só vai ser creditado nas contas do servidor no dia 10 de Fevereiro.Nada muito bom para um começo de ano. Enquanto vimos matérias em blogs das cidades vizinhas anunciando o reajuste do piso salarial dos educadores aqui na terra do caju a noticia e totalmente diferente.

Prefeitura e Secretaria Municipal de Educação Garantem 11,36% de Aumento ao Salários dos Professores em Riacho da Cruz - RN


A Prefeita Municipal de Riacho da Cruz - RN Bernadete Rêgo cumpre compromisso com a educação e com os professores, e paga o reajuste de 11,36% ao Piso Nacional do Magistério. Mesmo diante das dificuldades enfrentadas pelos pequenos municípios que têm sofridos com as quedas nos repasses do FPM e FUNDEB a Gestão em "Boas Mãos" tem sido bem representada através do Secretario de Educação Giordano Freitas e Equipe que junto a Bernadete Rego reuniu esforços e cumpre a Lei de aumento do Piso do Magistério. A Prefeita enfatizou que a valorização do professor municipal sempre foi uma das prioridades da gestão. "O piso, que é um direito dos professores, fiz questão de cumprir desde quando cheguei à Prefeitura. A educação é um investimento essencial e o piso faz parte deste investimento", afirma Bernadete Rêgo.

RIACHO DA CRUZ "EM BOAS MÃOS"
CONTROLE SOCIAL, TRANSPARÊNCIA E CIDADANIA

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Estudantes têm até hoje para se inscrever no ProUni

Sexta, 22 de janeiro de 2016

Inscrições para o Prouni 2016

Hoje (22) é o último dia para se inscrever no Programa Universidade para Todos (ProUni). Os candidatos têm até as 23h59, no horário de Brasília, para fazer a inscrição e concorrer a bolsas de estudos em cursos de instituições privadas de ensino superior. O resultado será divulgado no dia 25. De acordo com o Ministério da Educação, até as 19h de ontem (21), 1.304.995 candidatos tinham feito a inscrição.

Nesta edição, o ProUni vai ofertar 203.602 bolsas para 30.931 cursos. A incrição é feita na internet, no site do Prouni. No momento da inscrição, será necessário informar o número da inscrição e a senha usados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Cadastro de Pessoa Física (CPF). Ao se inscrever, cada estudante pode fazer até duas opções de curso e instituição. Durante o período de inscrição, o candidato pode alterar as opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada.


Fonte: Robson Pires

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Piso salarial dos professores terá 11,36% de reajuste e passará a valer R$ 2.135,64


0 comentários
O piso salarial do magistério será reajustado em 11,36%, conforme determina o artigo 5º da Lei nº 11.738, de 16 de julho de 2008. O novo valor será de R$ 2.135,64 e passa a valer a partir deste mês. O novo valor está sendo divulgado a estados e municípios pelo Ministério da Educação nesta quinta-feira, 14, por meio de aviso ministerial.
“A lei tem permitido um crescimento significativo do valor do piso salarial dos professores”, destacou o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em entrevista. De 2009 a 2015, o crescimento real do piso salarial do magistério foi de 46,05%, um percentual acima da inflação. “Seguramente foi um dos melhores crescimentos salariais entre os pisos de profissionais”, afirmou.
O piso salarial nacional para os profissionais do magistério público da educação básica é o valor abaixo do qual a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios não poderão fixar o vencimento inicial das carreiras do magistério público da educação básica para a formação em nível médio, na modalidade Normal, com jornada de, no máximo, quarenta horas semanais. A atualização considerou a variação do valor anual mínimo nacional por aluno referente aos anos iniciais do ensino fundamental urbano, definido nacionalmente na Lei no 11.494, de 20 de junho de 2007. A metodologia para o cálculo considera os dois exercícios imediatamente anteriores ao ano em que a atualização deve ocorrer.
Para discutir o alinhamento do investimento salarial para os professores com a receita dos entes federados, em novembro último, foi instalado o Fórum Permanente para o Acompanhamento da Atualização Progressiva do Valor do Piso Salarial Nacional para os Profissionais do Magistério Público da Educação Básica. O fórum acompanha uma das estratégias da meta 17 do Plano Nacional de Educação (PNE), que trata do piso.
O fórum tem a participação de representantes do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e do Ministério da Educação.
O piso salarial do magistério foi criado em cumprimento ao que estabelece a Constituição Federal, no artigo 60, inciso III, alínea e, do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias:
“Art. 60. Até o 14º (décimo quarto) ano a partir da promulgação desta emenda constitucional, os estados, o Distrito Federal e os municípios destinarão parte dos recursos a que se refere o caput do art. 212 da Constituição Federal à manutenção e desenvolvimento da educação básica e à remuneração condigna dos trabalhadores da educação, respeitadas as seguintes disposições:
(...)
III — observadas as garantias estabelecidas nos incisos I, II, III e IV do caput do art. 208 da Constituição Federal e as metas de universalização da educação básica estabelecidas no Plano Nacional de Educação, a lei disporá sobre:
(...)
e) prazo para fixar, em lei específica, piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica; (...).”
Esse dispositivo constitucional foi regulamentado pela Lei nº 11.738/2008. Conforme a legislação vigente, a correção do piso reflete a variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno definido nacionalmente pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
Assessoria de Comunicação Social

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

DEU NO BLOG RN POLITICA

SEVERIANO MELO 1:
Alguém, em sã consciência, acredita que o vereador Coitinho será candidato a vice na chapa do médico Dagoberto Bessa? Se acredita, aproveita e passe a crer em Papai Noel; Mula sem Cabeça e Saci Pererê...
SEVERIANO MELO 2:
Uma mulher pode ser  a postulante para a disputa com Dagô. Já estou chamando-a de "Santa", por ser calada e querida no município.

Inep divulga notas individuais do Enem 2015 nesta sexta-feira



Os participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2015 vão poder consultar suas notas no site do Inep (Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão ligado ao MEC (Ministério da Educação) e responsável pela aplicação do exame, nesta sexta-feira (8).
Para acessar os resultados, o estudante precisa informar seu CPF e a senha cadastrada durante o período de inscrição. Caso tenha perdido a senha é possível recuperá-la no sistema. O boletim apresenta o desempenho do candidato nas quatro provas objetivas (linguagens, matemática, ciências humanas e da natureza), além da nota de redação.
Com os resultados do Enem, os inscritos podem concorrer a vagas nas universidades federais que integram o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), a bolsas do Prouni (Programa Universidade para Todos), a financiamentos do Fies (Programa de Financiamento Estudantil), além de poder usar a nota em diversos processos seletivos. A nota também pode ser utilizada para participação do programa de intercâmbio Ciência sem Fronteiras.
Interessados em certificação do ensino médio podem utilizar a nota da prova para tal finalidade. Segundo o MEC, o inscrito na prova precisa obter nota mínima de 450 pontos em cada uma das áreas do conhecimento e 500 pontos na redação.
Sisu 2016
As inscrições para o Sisu acontecem entre os dias 11 e 14 de janeiro. Elas deverão ser realizadas exclusivamente pela internet, por meio do endereço www.sisu.mec.gov.br.
O estudante deve ter feito a edição 2015 do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e não ter zerado a redação para participar do processo. O candidato poderá se inscrever em até duas opções de vagas.
Entenda a nota do Enem
A metodologia utilizada para correção do Enem é a TRI (Teoria de Resposta ao Item), modelo estatístico que permite que diferentes edições da prova sejam comparáveis. Na TRI, leva-se em conta para o cálculo da nota não apenas o número de acertos do candidato, mas o nível de dificuldade de cada item. Na TRI, leva-se em conta a coerência das respostas do participante diante do conjunto das questões que formam a prova. Por isso, o número de acertos não tem correspondência direta com a pontuação final.
Não é possível comparar o número de acertos nas provas de diferentes áreas do conhecimento. Se um aluno acerta a mesma quantidade de itens nas provas de matemática e ciências humanas, por exemplo, não significa que a pontuação obtida será igual. Isso porque o nível de dificuldade de cada prova e dos diferentes itens que a compõe afetam esse cálculo final.
Uol

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

UERN altera datas de matrículas curriculares para semestre 2015.2



0 comentários
A Pró-reitoria de Ensino de Graduação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (PROEG/UERN) está alterando as datas das matrículas curriculares para o semestre 2015.2 para alunos novatos e veteranos.
As matrículas curriculares que deveriam ser de 18 a 20 de janeiro, agora passam a ser de 20 a 22 de janeiro.
As matrículas institucionais para os alunos ingressantes no Processo Seletivo Vocacionado (PSV) 2015 estão com as datas mantidas. Serão nos dias 7 e 8 de janeiro.
A pró-reitora de ensino de graduação da UERN, Inessa Linhares, explicou que as datas foram modificadas por conta do SiSU. “A modificação nas datas das matrículas curriculares se deu pela necessidade de adapatar o nosso sistema informatizado da UERN ao cronograma do SiSU 2016. Por isso alteramos de 18 para 20 de janeiro”, explicou.
Por isso, foram publicados três editais que tratam da alteração das datas das matrículas.
O primeiro é o edital 002/2016 que altera as datas dos alunos regulares veteranos e dos alunos ingressantes através do Processo Seletivo de Vagas Não-Iniciais (PSVNI).
Os editais 003/2016 e 004/2016 tratam da alteração da data de matrículas curriculares para os alunos ingressantes para o semestre 2015.2. O primeiro é válido para os alunos aprovados no PSV e o segundo para os ingressantes via SiSU.