terça-feira, 19 de maio de 2015

DEU NO BLOG RN POLITICA

SEVERIANO MELO:
Em conversa com um vereador no dia de hoje, por telefone, ouvi dele que em Severiano Melo não está tendo médico para atender ao povo. Atenção secretaria. Saúde é prioridade.
Com a palavra o secretário titular da pasta ou autoridade competente.

COMOVIDOS, POLICIAIS PAGAM FIANÇA DE LADRÃO E FAZEM COMPRA PARA ELE NO DF.

O eletricista Mário Ferreira Lima (camiseta cinza)
e os policiais que o ajudaram
Comovidos com a história de um homem que havia sido preso em Santa Maria (DF) por roubar carne de um supermercado, policiais civis da 20ª Delegacia de Polícia (Gama Oeste) resolveram pagar a fiança e comprar alimentos e produtos de higiene pessoal para ele e sua família.
Desempregado há três meses, o eletricista Mário Ferreira Lima, que mora com o filho de 12 anos, tentou furtar 2 quilos de carne por volta das 16h de quarta-feira (13) em um supermercado, quando foi preso em flagrante.
Segundo Lima, sua única renda atual são os R$ 70 mensais que recebe do programa Bolsa Família. O recurso ainda não tinha sido depositado na conta dele e, segundo seu relato, só havia R$ 20 dentro da carteira.
"Coloquei as carnes dentro da bolsa e passei no caixa queijo, mortadela e pães. Porém funcionários do local perceberam e chamaram a polícia. Fiz isso em um momento de desespero. Estava há dois dias sem comer", conta.
Segundo o policial Ricardo Machado, ao chegar à delegacia, o eletricista passou mal e desmaiou. "Ele contou que há um ano a mulher foi atropelada e passou oito meses no hospital. Por ter de cuidar dela diariamente, acabou perdendo o emprego. Quando ela se recuperou, foi morar com um filho de outro relacionamento, pois Lima não tinha dinheiro para os cuidados necessários de que ela precisava."
O policial contou que a todo o momento Lima se desesperava por conta do filho, que estava sozinho em casa. A preocupação emocionou uma agente, que pagou a fiança de R$ 270. "Fizemos também uma vaquinha de R$ 300 com quase todos os policiais."
A agente Kelen Cristina disse que, para ter certeza de que a história era verídica, os policiais foram até a casa de Lima e constataram que a situação era de extrema pobreza.
"Não havia nada na geladeira nem produtos de higiene pessoal, como pasta de dente e sabonete. Também não havia gás", afirmou.
Os policiais levaram Lima ontem mesmo para um supermercado e pediram para que ele escolhesse os mantimentos. "Ele chorou demais e agradecia a toda hora. Não queria nada caro. Percebemos de longe a humildade dele", disse Machado.
Apesar da boa vontade dos agentes, Lima pode ser condenado, já que foi preso em flagrante. A pena pode ser de um a quatro anos de prisão em regime fechado.
Supermercado conta outra história
Apesar das informações repassadas pela Polícia Civil, um funcionário do supermercado onde aconteceu o incidente disse que a quantidade de carne roubada foi outra.
"Na verdade, ele roubou 7,5 quilos, o que dá em torno de R$ 121,20. Se fossem apenas 2 quilos, não teríamos chamado a polícia", conta o homem que preferiu não se identificar.
Segundo ele, o roubo foi monitorado pelas câmeras de segurança do local. "Ele entrou com uma bolsa vazia e aberta. Ao passar pelo caixa, ela estava bastante cheia."
Questionado pela reportagem, o policial Machado reafirmou a quantidade de carne roubada. "A bolsa que Mário estava segurando era pequena. Não caberiam 7,5 quilos de carne nela", diz.

Fonte: Jéssica Nascimento/http://noticias.uol.com.br/ 

RN ;principais reservatórios de água do Estado estão com nível muito baixo.


Barragem Armando Ribeiro Gonçalves está com pouco mais de 720 milhões de metros cúbicos, o que equivale a 30% de sua capacidade total (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
Barragem Armando Ribeiro Gonçalves está  30% de sua capacidade total
(Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
A alegria de ver açudes transbordando tem sido rara no Rio Grande do Norte. E a previsão, segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn), é de que até o final do ano as chuvas não sejam suficientes para encher os reservatórios que abastecem o estado. "Infelizmente não tem mais previsões de chuvas intensas para o interior do estado. O período de chuvas está acabando e não tem mais condição de formação de chuva”, afirmou Gilmar Bristot, meteorologista da Emparn.

APENAS PARA ESCOLAS ESTADUAIS: Governador assina convênio que garante mais de R$1 milhão para a educação


O governador do estado assinou hoje (19) pela manhã um convênio com 111 escolas estaduais selecionadas pelo Projeto de Inovação Pedagógica (PIP) e RN Sustentável. De acordo com Robinson Faria, o projeto vai fazer com quem os alunos busquem suas vocações. 

quinta-feira, 7 de maio de 2015

PRIMEIRA OBRA PRESTE A SER INAUGURADA


A atual administração de Severiano Melo está preste a inaugurar
sua primeira obra com recursos próprio.Estou falando da praça da criança
Maria da Conceição Regis de Melo, depois de 2 anos e 5 mês 
sem a cidade ter nenhuma obra construída com recursos próprio dês do inicio com a gestão atual,
agora os fiés defensor do sr prefeito poderá dizer que o mesmo fez
uma obra na cidade.


                                                              foto facebook da prefeitura

Comum em fios e moedas, cobre pode ser nova arma contra a dengue

Comum em fios e moedas, cobre pode ser nova arma contra a dengue


O cobre, amplamente utilizado na confecção de moedas e fios condutores, pode ser uma nova arma no combate à dengue.

terça-feira, 28 de abril de 2015

MUNICÍPIOS TÊM ATÉ ESTA QUARTA-FEIRA (29) PARA INFORMAR SITUAÇÃO ESCOLAR.

Bolsa Família
Controle da frequência escolar é feito bimestralmente pelo Ministério da Educação

Termina nesta quarta-feira (29) o prazo para os municípios informarem a frequência escolar dos beneficiados pelo programa Bolsa-Família, uma das condições essenciais à continuidade do recebimento do benefício.
O controle de frequência é feito bimestralmente pelo Ministério da Educação, que mobiliza uma rede de 42.684 profissionais da educação nos estados e municípios, coletando os dados no Sistema de Informações Presença. Por meio da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi), faz-se o acompanhamento de 17,5 milhões de crianças, adolescentes e jovens na faixa etária de seis a 17 anos.
Segundo a coordenadora geral de acompanhamento da inclusão escolar da Secadi, Simone Medeiros, o controle tem permitido, de forma estratégica, o acesso e a permanência na escola de crianças, adolescentes e jovens das classes populares, contribuindo para a inclusão social e universalização da educação. “Quarenta e dois por cento dos estudantes da educação básica, atualmente, são de famílias beneficiárias do programa, o que dá a dimensão de como ele fortalece a permanência escolar”, afirma a coordenadora.
Condições
A Bolsa-Família é um programa de transferência direta de renda que visa melhorar as condições de vida das famílias em situação de pobreza e extrema pobreza no Brasil. Para receber o benefício, as famílias se comprometem a cumprir condições nas áreas de saúde e educação; nesta última, mantendo a frequência dos filhos na escola.
A importância do acompanhamento, além de garantir o benefício, reside na detecção dos motivos das faltas ou abandono, que na maioria das vezes têm relação direta com a violação dos direitos humanos. “A baixa frequência é um alerta de vulnerabilidade social, por isso, é necessário sensibilizar e mobilizar toda a rede para o registro e o controle da presença na escola”, diz Simone Medeiros.
Os 5.570 municípios brasileiros participam do acompanhamento, que encerra nesta quarta-feira o primeiro período. O calendário é elaborado no início do ano e enviado a todas as escolas do País.
“Importante destacar que a infrequência escolar tem sido uma das principais causas de bloqueio e cancelamento do benefício da Bolsa-Família”, adverte a coordenadora.

Fonte: Ministério da Educação/http://www.brasil.gov.br/